Entendendo o que você busca para encontrar o que você precisa.

Voltar

Sobre Castro

HISTÓRIA

Castro é um município brasileiro do estado do Paraná. Situado às margens do Rio Iapó, tem grande potencial turístico devido ao relevo privilegiado (Canyon Guartelá e as belezas próprias da região dos Campos Gerais). Sua fundação ocorreu em 1778 e fez parte do caminho obrigatório para os tropeiros que iam de Viamão até Sorocaba, tendo seu desenvolvimento primário originado no tropeirismo. Dentre suas particularidades, destacam-se o primeiro Museu do Tropeiro do Brasil e o maior Moinho da América Latina. Com aquele jeitinho típico de cidade do interior, Castro encanta a todos que aqui vêm, seja pelo seu povo hospitaleiro, pela sua arquitetura antiga, com muitas construções tombadas pelo Patrimônio Histórico, suas muitas histórias e lendas, ou pelo seu grande potencial econômico.

DADOS DEMOGRÁFICOS

Situada a 159 km da capital Curitiba, e ocupando 2.531,506 km² de terras, o Município conta com aproximadamente 71.000 habitantes distribuídos entre a Cidade central e seus Distritos e Colônias : Castrolanda, Socavão, Tronco e Abapan, Terra Nova, Santa Leopoldina.

ECONOMIA

O Município de Castro tem como base de sua economia a atividade agropecuária, sendo considerado um dos maiores produtores do Estado do Paraná. Na agricultura destacam-se como principais produtos, o milho, soja, feijão, batata, trigo e aveia, já a pecuária de corte, a criação de gado, suínos e aves. Em relação a pecuária leiteira, o município é considerado uma das principais bacias leiteiras do Brasil, em produtividade e qualidade genética, sendo-lhe conferido o título de CAPITAL NACIONAL DO LEITE, através da Lei Federal nº 13.589, sancionada pelo Presidente da República, em exercício à época. Castro recebeu o título de maior produtor de calcário agrícola da América Latina, devido a exploração e extração mineral. Seu comércio é amplo, reunindo prestadoras de serviços, indústrias de móveis, pincéis e alimentos. Além de contar com um Parque Industrial para implantação de novas indústrias.

Entre tantas belezas e história, podemos destacar abaixo:

canyon guartela

Canyon Guartelá

É considerado o sexto maior cânion do mundo em extensão e o mais longo do Brasil. Se você é apaixonado pela natureza, você precisa conhecer esse espetáculo da nossa região, as paisagens que esse roteiro proporciona, a história de sua formação e as lindas cachoeiras ao seu redor. O Parque Estadual do Guartelá protege uma área importante de patrimônio natural e arqueológico da região!

Por ser uma atividade em meio a natureza, alguns itens são recomendados na visitação!

  • calçados confortáveis.
  • roupas adequadas para caminhadas.
  • protetor solar e repelente.
  • roupas de banho e toalhas, caso você queira entrar nos panelões e tomar um banho de rio.
paroquia sant'ana

Paróquia Sant’Ana

A primitiva capela, de barro socado foi construída por escravos em 1704, em honra a Sant’Ana (padroeira da cidade). Passou por diversas reformas, sendo que no ano de 1876 foi totalmente concluída, tomando seu aspecto atual. Nela encontram-se os lustres de cristal, doados por Dom Pedro II e um lindo sino de bronze, que repicou inúmeras badaladas anunciando o final da segunda guerra mundial. Possui numerosos e antigos vitrais, um altar central ladeado por dois altares laterais menores e compõe o patrimônio histórico e cultural da cidade de Castro.

morro do cristo

Morro do Cristo

Situado em um dos pontos mais altos de Castro, podendo ser avistado de todos os ângulos da cidade e arredores. Sobre ele está uma estátua do Cristo Redentor, anexo ao restaurante Jaffar, podendo ser acessado pela Rua Coronel Olegário de Macedo.

prainha

Prainha - Parque Balneário Dr. Libânio Estanislau Cardoso

Praia do rio Iapó, no perímetro urbano e com total infraestrutura de lazer. É um dos principais balneários fluviais do Paraná, tornando-se um ponto turístico e de lazer, com cascata d’água, lanchonete, campos de futebol, quadra de esporte, quiosques com churrasqueira.

parque lacustre

Parque Lacustre

Localizado na região central da cidade, o Parque Lacustre é ideal para quem gosta de fazer esporte ao ar livre, passear ou simplesmente admirar a natureza abundante. Possui quiosques com churrasqueira, pedalinho, parque infantil, academias ao ar livre, “pet play” para distrair os pets, ciclovia, pista de corrida e uma beleza que encanta ao seu redor!

fazenda-capao-alto

Fazenda Capão Alto

A Fazenda Capão Alto foi uma das famosas paragens do movimento tropeirista e sua existência remete ao início da colonização dos Campos Gerais. A Fazenda – antiga Sesmaria do Iapó – surgiu o primeiro assentamento que depois foi deslocado dando origem à vila de Castro. Os condutores as tropas de mulas e de gado, originalmente conhecidos como tropeiros, utilizavam das instalações da fazenda para seu descanso em seu caminho de Viamão, no Rio Grande do Sul, a Sorocaba, em São Paulo.

Na fazenda, os tropeiros encontravam, além de pasto para os animais e água abundante por conta do rio Iapó, um lugar para o reabastecimento com alimentos. A estrutura conta com as ruínas de uma capela (de taipa de pilão) datada de 1.740, um Casarão Colonial de 1.858, entre outras construções. A Fazenda Capão Alto foi tombada pelo Estado no início da década de 80 e está em processo de tombamento federal. Hoje, a Fazenda é regida por um plano diretor e conta com projetos aprovados junto ao Ministério da Cultura. É aberta a visitação ao público.

museu do tropeiro

Museu do Tropeiro

O museu é orientado na figura do tropeiro e o seu acervo possui desde o vestuário típico e apetrechos até a cangalha e instrumentos de trabalho deste pioneiro que desbravou o interior do Brasil e fundou inúmeras cidades, incluindo a própria Castro que foi rota dos tropeiras entre Viamão e Sorocaba.

O Museu foi inaugurado em 1977, sendo idealizado por Judith Carneiro de Mello, com o apoio do prefeito Lauro Lopes e do então governador Jayme Canet Junior, além do historiador paranaense Dr. Newton Carneiro.

A casa em que se encontra o museu foi uma das primeiras casas da cidade e que pertenceu a família Carneiro Lobo. Seu estilo arquitetônico "de época" e o material utilizado na construção (feita de estuque), contribuiu para que fosse usada como sede da instituição e na atualidade é tombados pelo patrimônio histórico. Vale a pena conferir.

museu do tropeiro

Colônia de Castrolanda

Em 1951, chegaram em nossa cidade um grupo de famílias holandesas, dando início a fundação da Colônia de Castrolanda, estes imigrantes se instalaram, construíram suas casas, estradas e iniciaram atividade de produção leiteira, o que deu início à Cooperativa Castrolanda,

Para perpetuar as tradições e reviver a história, a comunidade criou em 1953 o Grupo Folclórico Holandês de Castrolanda, integrado por jovens descendentes, além do Museu dos Imigrantes, criado em novembro de 1991, uma réplica das primeiras residências construídas pelos pioneiros da região, deixada transparecer através dos móveis e objetos doados pelas famílias de Castrolanda, para mostrar este pedaço do Paraná holandês.

No local também são expostos e comercializados artesanato e souvenirs da colônia e da Holanda. Além do moinho, a construção abriga salão de eventos, restaurante e museu.